CAPACITação também objetiva reduzir desigualdades sociais, afirma vice-presidente do TCMPA
12/12/2019 09:17 em Notícias

O vice-presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (TCMPA), conselheiro José Carlos Araújo, diretor geral da Escola de Contas “Conselheiro Irawaldyr Rocha”, enfatizou a importância do papel do Tribunal e dos gestores públicos no combate à desigualdade social. A afirmação foi feita durante a abertura da edição de Belém do projeto "CAPACITação", que orienta os poderes executivos e legislativos municipais para correta aplicação do dinheiro público, atualização sobre legislação e procedimentos relacionados à prestação de contas e também à melhoria das gestões municipais.

O conselheiro José Carlos Araújo disse que a redução dos alarmantes índices de desigualdades sociais existentes pode ser feita através do combate ao desperdício dos recursos públicos, bem como pelo zelo do correto e eficaz uso do erário. “Os jurisdicionados têm de ser parceiros do TCMPA nesse processo de transformação”, destacou o vice-presidente do Tribunal.

José Carlos Araújo agradeceu o apoio de todos os servidores do TCMPA, que tornaram possível a realização dos oito encontros do CAPACITação, que abrangeram todas as regiões do Pará. Agradeceu também a parceria da Assembleia Legislativa do Estado, do Ministério Público do Estado, do Ministério Público de Contas dos Municípios e do Tribunal de Contas do Estado. Da mesma forma agradeceu o apoio do presidente Sérgio Leão e dos conselheiros Mara lúcia, Daniel Lavareda, Cezar Colares, Antonio José Guimarães, e dos conselheiros substitutos Adriana Oliveira, Márcia Costa, Alexandre Cunha e Sérgio Dantas.

A última edição do projeto CAPACITação deste ano prossegue até esta quinta-feira (12) e reúne prefeituras e câmaras de vereadores de 28 cidades paraenses durante três dias de cursos e palestras ministrados por conselheiros e servidores do Tribunal e de órgãos parceiros. O CAPACitação já passou por Xinguara, Paragominas, Parauapebas, Bragança, Santarém, Altamira e Breves, orientando mais de 2.200 pessoas.

COMENTÁRIOS